Condicionamento da entrada em Palma faz com que residentes comprem Saco de Arroz a 8000 mil Mts

0 1.909

Residentes do Distrito de Palma na Província de Cabo Delgado, clamam pela subida de preços dos produtos de primeira necessidade,  desde que o acesso ficou condicionado, por conta dos ataques que vem assolando a zona norte de Moçambique.

Está informação foi nos revelada pelos moradores de Palma que segundo eles, para além do saco de arroz de 25kg, que está a 8000 mil mts, também compram  1Kg de arroz à 300 mts, 1kg de farinha de milho à 200 mts, 1kg de farinha de mandioca, a 150 mts e um pacote de massa esparguete a 150 mts.

“Nos estamos mal, o preço de arroz desde semana passada estava 4000 e nesta semana, desde segunda-feira, já tinham aumentado o preço para 5500, e assim, hoje dizem que já subiu de novo, para 8000 mil mts, o que nós vamos fazer e como iremos viver assim”. Dizia a dona Mariamo, indignada com a situação da subida de preços em Palma.

A nossa equipa de reportagem foi mais além e procurou saber de outros moradores daquele distrito nortenha de Moçambique que também comungam da mesma ideia, a da Dona Mariamo, e vão mais além ao afirmar que, ninguém consegue comprar arroz e farinha, e acabam comendo só peixe. Dizia Osvaldo Madeira, que também manifesta a sua preocupação.

Já os comerciantes, dizem que, confiam nesta estrada para pelo menos ter alguma coisa de vender aqui em Palma,  “assim estamos a espera, do camião que saiu Ontem, e não sabemos quando volta e em que situação irá voltar.

De referir que, os residentes daquele distrito, dizem ser uma situação que ja vem lhes apoquentando a muito tempo, desde que os insurgentes cortaram o acesso à Palma, Onde ninguem Entra e Ninguem sai.

Leave A Reply

Your email address will not be published.