“Porto de Mocímboa já foi recuperado” – garante Jaime Neto (MDN)

0 259

Foi à margem da cerimónia do lançamento nacional do recenseamento para o Serviço Militar Obrigatório (SMO), realizado esta quarta-feira, na província da Zambézia, que Jaime Neto, Ministro da Defesa Nacional (MDN), falando à imprensa, revelou: “o porto de Mocímboa da Praia já não está nas mãos do inimigo. Os terroristas andam por lá, sim, mas a Marinha de Guerra fortificou o seu trabalho de fiscalização”.

Jaime Neto explicou ainda: “eles (os terroristas) estavam a combater de dentro do distrito para fora e isso criou, de certo modo, condições para que se pudessem estabelecer ali durante muito tempo. Nós acreditamos que um e outro ainda estejam no distrito e estamos a fazer esforços para recuperar terreno e colocar todas as instituições a funcionarem”.

Entretanto, Jaime Neto admitiu: “algumas vezes, os terroristas atacam as nossas posições, mas as nossas forças estão em prontidão para responder a qualquer fogo do inimigo. A moral da nossa força é boa e eles estão a fazer de tudo para que qualquer parte do nosso território não seja ocupada pelo inimigo”.

De salientar que Mocímboa da Praia foi assaltada por três vezes pelos terroristas, tendo a última vez ocorrido em Agosto de 2020, em que através de um “despacho de transferência” de militares falsos, invadiram o quartel ali posicionado, mataram centenas de civis e militares, destruíram infra-estruturas e ocuparam a vila de Mocímboa da Praia, deixando o distrito deserto.

No entanto, depois de várias tentativas de recuperação, eis que na manhã de 06 de Janeiro de 2021, Jaime Neto, Ministro da Defesa Nacional, anunciou que a Marinha de Guerra das Forças Armadas e de Defesa de Moçambique (FADM) controla o estratégico porto de Mocímboa da Praia e que várias embarcações estranhas têm sido destruídas e que pessoas que não conseguem explicar o destino das suas viagens têm sido detidas.

Fonte: Carta de Moz

Leave A Reply

Your email address will not be published.