O povo preocupado com o Covid-19. Mas onde está Manuel Chang? Estará Livre?

0 256

Em Dezembro, Manuel Chang completou vinte e quatro meses preso em unidade prisional na África do Sul.

A família política da Frelimo e do ANC, não mostram interesse em que Manuel Chang possa responder nos Estados Unidos da América no julgamento, apesar da absolvição do libanês Jean Boustani .

Depois da saída do ministro Michael Masutha, o novo ministro, Ronald Lamola manteve a decisão tomada pelo seu antecessor ministro sul-africano.

Pretória não está interessada numa extradição para os Estados Unidos da América e mostra-se aberta a devolver Chang a Moçambique.

O Governo de Moçambique despendeu avultadas somas de dinheiro público com a Defesa de Manuel Chang. Dado incompreensível quando permanecem detidos mais de vinte arguidos no mesmo processo em Moçambique.

O ANC parece destinado a cumprir o desejo de Maputo e não entregar o elemento que poderia desmontar o chamado dossier das “Dividas Ocultas”. A família política de ANC e FRELIMO parece alinhada. Não se conhecem as cedências de Maputo a Pretória. Porventura ainda demorará meses para que Manuel Chang seja devolvido a Maputo. Nesse caso, depois será o tempo da Justiça moçambicana e, eventualmente, a participação económica sul-africana na exploração dos recursos naturais do norte de Moçambique.

Depois do acordo conseguido por Jean Boustani, e das aparentes confissões sobre um individuo identificado pelo código “New Man”, das prostitutas em França de Ndambi Guebuza, entre outros episódios comprometedores para Maputo, Manuel Chang poderia comprometer ainda mais as lideranças da Frelimo. E fazer conhecer ao mundo os destinos de tantas ajudas orçamentais de que Moçambique ainda goza.

Leave A Reply

Your email address will not be published.