Beefs: Joe Williams chama Refiller Boy de Burro, e ele responde e divulga “segredos inéditos” sobre o profeta. Confira…

1 2.683

A nova novela das redes sócias Refiller Boy e Joe Wiiliams pelo visto ainda vai dar de fazer.

Depois do primeiro episódio da imagem das chaves de carros de luxo e de ser chamado de burro reffiller boy escreveu o seguinte em sua conta oficial do Facebook:

Só aceito que sou burro e podes me empregar se me provares o porquê do seu documento(traffic register)ser diferente dos nossos pois são emitidos por mesma entidade!e tem mais para provar que és um falso profeta que veio só para aumentar a pobreza dos Moçambicanos.

Alguns dos ex-crentes da sua palhota me procuraram no inbox a agradecer o facto de eu ter te depenado e revelaram me ainda algumas irregularidades que o senhor pratica na sua palhota de cobrar 1000mts para as pessoas falarem contigo pessoalmente e alega ser dinheiro de semente!mas que semente?
Se eu sou burro tú és um burro quadrúpede(Mbongolo)
O importante é que a tua ficha já caiu….esse teu documento é falso sim! prove nos que é original igual aos nossos!
O CARRIMBO ESTÁ ANDAR DISTANTE DA SUA FOTO ENQUANTO AS NOSSAS FOTOS ESTAO A CASAR COM O CARRIMBO E TUDO ESTA VISIVEL..WHY?

1 Comment
  1. Nhalugue says

    Não conheço pessoalmente nenhum dos dois. Acho que nas redes sociais publicamos aquilo que nós achamos que não faria mal para ninguem, antes pelo contrario o que faria bem. Nenhum negociante publicita algo mal.
    Ora. O profeta Joel Wiliams publicou várias coisas entre as quais as suas victorias, os seus sucessos, incluindo o bem que faz aos seres Humanos entre os idosos e as crianças. Os preços das aquisições que faz não prova que se trata de dinheiros da igreja. Alias ele é bastante reconhecido por algum mérito quer nos Estados Unidos como na Europa. Isso é bom. Se fosse criminoso, a CIA, o FBI entre outros já estariam a procura dele. Mas pelo contrario ele é um idolo nos paises altamente ricos e é diabolizado no seu país natal.
    Eu acho que toda a gente está interessada em parar de sofrer, eu acho que deveriamos buscar experiências com pessoas como Joel Wiliams, Mamad Bachir Suleman entre outros ricos do bem para que possamos experimentar a nossa saida da pobreza. O nosso maior erro, é sempre aplaudirmos ricos estrangeiros e afundarmos ou desmoralizarmos os que com sacrificio, pretendem partilhar a sua riqueza no seu país natal.
    A Experiência no País indica que os ricos são perseguidos de todas as formas, mesmo que façam o bem. Os críticos, nunca apareceram na televisão, a mais barata que fosse, para mostrar sua solidariedade com os pobres. Joel Wiliam, publicou as coisas que lhe agradam enquanto ser humano e jovem. Publicou seus carros, sua roupa de marca, sua solidariedade com os pobres. Nao encontro ainda nas coisas que publicou algum crime.
    Conselho:
    .Nao percais tempo criticando e desmoralizando os que fazem o bem;
    .Busquemos o saber da forma critica sobre o segredo do sucesso;
    . O tempo que perdemos a criticar as pessoas que com nada que fizeram se comprova que cometeram crimes ou ofensas, salvo em legitima defesa, ganhemo-lo fazendo o bem a nos mesmos e a sociedade.
    Falo de legitima defesa, porque Joel Williams não provocou a ninguem. Apenas se insurgiu contra quem o chamou de vários nomes e retaliou. Lembrando que Joel William antes de ser profeta, é humano e pode ser tentado e cometer erros.
    Ele não é o unico a postar coisas de luxo. Vão ver que existem muitos outros que postam as suas aquisíções e todos muitos elogiam, principalmente quando se trata de alguem estrangeiro.
    O grande problema aqui, é que o rico, é Moçambicano e temos dificuldades de viver a vida que Joel vive. So nos calaremos se vencermos igual a ele.
    Alias, me lembro da confusão do Mr.Bau. Quando ele era pobre, ninguem falou dele. Quando “ricou” virou alvo de critica. Muitos outros casos conheço.
    O que peço aos meus irmãos, se entendermos que Joel exagera na publicidade, conversemos com ele e vamos aconselha-lo em que situação ele pode se export tanto. O que não concord, é insulta-lo porque está rico. Isso é inveja. Inveja é pecado.
    Repito, Não conheço nenhum dos dois apenas emiti a minha opinião para que entendam que ricar não é proibido por lei, acusar sem provas é crime, imitar o bem que Joel faz aos pobres seria bom.
    Busquemos nele alguma inspiração. Se publicidade é mau, enriqueçamos com ele e não publicitemos como ele. Não precisamos de ofende-lo é primeira mão porque onde há acção, pode acontecer reação.
    Disse

Leave A Reply

Your email address will not be published.